sexta-feira, 23 de junho de 2017

#weddingmode: de cabelos ao vento?



Se um vestido é essencial para destacar a noiva no dia mais importante da sua vida, o cabelo não pode de forma nenhuma ser esquecido! A minha opinião sobre cabelos para casamentos, seja como noiva ou como convidada é muito vincada e a mesma para as duas situações: sempre apanhado!

Por norma os casamentos proporcionam dias longos. Desde o momento em que se arranja o cabelo até ao momento de entrar no carro para regressar a casa vão entre 15 a 17 horas. Isso mesmo, essas horas todas!! Ponha a mão no ar quem tem um cabelo que permanece impecavelmente arranjado todas estas horas se estiver solto!! Not me...
São poucos os cabelos que aguentam esticadinhos horas a fio, e provavelmente menos ainda os que seguram umas ondas imaculadas durante tantas horas. A melhor solução para ficarmos com óptimo aspecto do início ao fim da festa é com cabelos apanhados, confiem em mim!

As opções são inúmeras e com resultados finais diferentes de pessoa para pessoa, o ideal é terem alguém que vos faça um excelente aconselhamento e que conheça bem o vosso cabelo. Eu casei em Águeda, mas levei a minha cabeleireira de sempre comigo. Não podia ser de outra forma! Se há alguém que conhece o meu cabelo e os meus gostos é a Cristina! Com uma paciência de santa para aturar todas as minhas exigências, foram precisos dois dias de provas para acertarmos no penteado que eu queria mesmo. Pormenores tão simples quanto o risco ser mesmo ao meio ou as orelhas ficarem escondidas pelo cabelo faziam toda a diferença!
Em todos os momentos a Cristina foi-me sempre dizendo que no dia nunca sai igual, que por um motivo ou por outro pode não ficar exactamente como testamos. Para confiar nela mas não ficar demasiado presa à imagem do cabelo que conseguimos na prova. Sempre me disse que no dia o penteado fica sempre melhor, por ser o dia que é, por existir uma alegria estampada na nossa cara que no dia das provas não existe...

Levar flores no cabelo foi sempre a ideia inicial até ter comprado o meu vestido que ao contrário do que seria de esperar não era todo branco, tinha lantejoulas coloridas, precisamente em forma de flores. Desde que tive o vestido que fui tentando mentalizar-me que levar flores no cabelo era demais mas ficou sempre aquele bichinho que me dizia que devia arriscar. Na última prova decidi que ia levar uma coroa de flores só na parte de trás do cabelo, no limite, se ficasse too much no dia não usava.




E não é que a Cristina parece que conseguiu prever o que ia acontecer? No dia da prova fizemos o penteado que eu queria e a ideia era encaixar a coroa de flores por cima do penteado que idealizamos. No entanto, no momento em que o meu pai entrou pelo quarto para me dar a coroa de flores ela não tinha o formato que era suposto, estava bem maior, bem mais gordinha, e só de olhar para ela percebia-se que não ia encaixar na minha cabeça como queria. Ter a Cristina comigo neste momento foi assim só a melhor coisa que me podia ter acontecido! Eu estive calma o tempo todo, por mim se não desse para colocar a coroa, não dava. Ia ficar triste, claro, mas não ia deixar que isso estragasse o dia mais feliz da minha vida. A Cristina sabia perfeitamente o quanto eu queria levar flores no cabelo desde o primeiro dia e em momento nenhum me deixou dizer para desistirmos de a colocar. Acho que posso dizer que este foi o momento mais tenso de toda a preparação do casamento, levado sempre com um sorriso na cara!
A Cristina conhece-me há alguns anos e sabe perfeitamente os meus gostos e como moldar o meu cabelo. Puxa cabelo daqui, tira flor dali, põe um raminho acoli e o resultado final foi ainda melhor do que eu esperava! Para retirar um pouco de volume à coroa, pusemos uma trança a envolver as flores. O efeito de meia coroa perdeu-se mas ficou ainda mais especial!

Quando vos digo que é essencial deixarem o vosso cabelo nas mãos de alguém que já o conhece é sobre isto que me refiro. Na facilidade com que essa pessoa vai ter em contornar problemas e em transformá-lo em vantagens. Amei o meu cabelo no dia do casamento e sei que foi tão importante quanto o vestido que usei nesse dia! Para mim este foi um dos detalhes mais especiais do meu dia!



fotografia: Momento Cativo

m.*

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.