sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Rota de Tapas


Começou na semana passada a Rota de Tapas que dá cor às ruas da nossa cidade e, claro está, um cheirinho a petiscos diferentes do habitual, em jeito de festa! Ainda não experimentaram? Têm até ao próximo dia 1 e, hoje, damo-vos três bons motivos (e mais alguns!) para se perderem pela baixa!

Já pelas ruas portuenses nos tínhamos perdido, em petiscos que tão bem preencheram o vazio do nosso estômago, logo no primeiro dia desta nova edição da Rota de Tapas, com o simpático convite da zomato. E quem não adora petiscar uma tapa aqui, outra ali, durante a noite, com amigos?
É talvez das melhores coisas da vida... a par com viajar (claro!), petiscar com amigos, pôr a conversa em dia, relaxar depois de um dia de trabalho ou entrar no fim de semana com quem mais gostamos, com iguarias de fazer crescer água na boca. Foi assim na semana passada, foi assim há dois dias, e será assim hoje e muito provavelmente em mais algum dia da próxima semana. Não nos cansamos de provar as tapas, tão bem acompanhadas por uma Estrella Damm, por apenas 3€. Há melhor?

Hoje mostramo-vos três tapas que já passaram por nós e que não desiludiram, pelo contrário, mais dias de Rota de Tapas houvesse e repetiríamos quantas vezes pudéssemos!

O mexilhão 3.0 do Canelas de Coelho
Em caril, com leite de côco, coentros e pimenta rosa.

Uma verdadeira delícia, com um toque exótico maravilhoso! Vêm dois mexilhões para cada pessoa, bem generosos, com o molho divinal que não devem querer perder.


O Pintxer Moonshine do Moonshine
Mini cachorro quente com molho caseiro de pickles e batata palha.

Num registo mais vulgar da habitual comida de rua (ou de rolote!) este cachorrinho é tudo menos banal. O molho é delicioso e faz toda a diferença, com um gostinho que nos é mais familiar.

O Cheesecake de Bacalhau da Casa do Carmo
Bolacha de broa com aparelho de bacalhau confiado e conserva de tomate a finalizar.

Com a aparência de uma sobremesa, esta tapa é uma verdadeira surpresa no que ao sabor diz respeito. Num contraste do salgado do bacalhau, com a textura da broa e o toque ligeiramente doce da conserva de tomate... uma delícia!

Por experimentar estão algumas tapas a que já piscámos o olho e que esperamos poder saborear já hoje! Na Creperia da Baixa espera-nos o tataki de atum, no 3 Hyôshi, tempura de legumes com ovas (Kakiague), a tradicional tábua de enchidos no Lareira e na Tasca Caseira, uma caseirinha, que é uma tosta repleta de combinações improváveis como morcela frita, puré de castanha e beterraba, morangos... hummm...

Estes são ou não três bons motivos (e mais alguns!) de fazer perder a cabeça?

L.<3
m.*

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.