domingo, 18 de janeiro de 2015

Pelmeni




Com o fim de semana já a terminar, recordo aquela que foi a melhor refeição do fim de semana passado. Foi até mais do que isso, foi a melhor dessa semana, deste mês, deste ano e arrisco-me mesmo a dizer dos últimos 7 anos. 

Foi mais do que um prato cheio de comida maravilhosa...foi um prato cheio de memórias...


Recordações de 2008, ano em que me lancei naquela, que ainda hoje, recordo como a melhor e mais deliciosa das aventuras da minha vida: a experiência de Erasmus em Tallinn na Estónia. É estranho até como nunca toquei neste assunto por aqui, mas acho que foi sempre porque, com tanto para dizer, nunca soube por onde começar... pois bem, esse pretexto para escrever apareceu e sob a melhor das formas,sob a forma de comida, com aquele que é o meu prato favorito naquele país: Pelmeni!

Pelmeni é um prato da culinária russa que pode ser encontrado em diversos países da Europa de leste, na Estónia inclusive. Consiste num recheio de carne picada, envolvido por uma massa fina, feita de farinha e ovos, com leite ou água, resultando em pequenos pastéis com cerca de 2cm de diâmetro e forma mais ou menos esférica. A carne pode ser de porcoovelhavaca ou qualquer outro tipo, podendo ser usada uma mistura de várias carnes, condimentadas das mais diversas maneiras, conforme as regiões de onde provêm. Normalmente são conservados congelados e cozinhados imediatamente antes de serem consumidos. Tradicionalmente são cozidos em água a ferver até que comecem a flutuar mas para os mais gulosos podem ser salteados em azeite ficando douradinhos e crocantes. 

Cozinhar estes pelmenis já ia ser um golpe na minha dieta, por isso asneira por asneira decidi prepara-los da forma mais deliciosa e da qual tinha mais saudades: salteando-os. Em outros países não sei com que tipo de acompanhamentos são servidos mas na Estónia acompanham-se com um molho chamado Hapu-koor que é algo entre as natas, o iogurte e a maionese, não sendo nenhum dos três e sendo melhor que qualquer um dos três. 





Hoje fico a babar, a olhar estas imagens e a desejar que não passem mais 7 anos até que volte a sentir o paladar destes sabores... talvez da próxima seja diferente, e em vez de virem os pelmeni até mim, possa eu ir até eles...
Já é mais que altura de planear uma visita, e matars saudades deste país onde fui tão mas tão feliz...

L.<3

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.