quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Menu Carta Branca by 1858 BB Gourmet



por aqui partilhámos convosco as delícias que o BB Gourmet de Cedofeita nos serve. Visitamo-lo várias vezes, para almoços a três, descontraídos e calmos, num ambiente muito agradável e acolhedor onde a comida surpreende a cada passo. Todos os dias um menu diferente, todos os dias uma nova iguaria. E porque gostamos de marcar presença nos sítios que mais gostamos, resolvemos trazê-lo de novo até aqui, agora num registo ligeiramente diferente, igualmente saboroso e ainda mais surpreendente! Conhecem o Menu Carta Branca?

O convite era irrecusável. Degustar 6 belíssimos pratos surpresa. No Menu Carta Branca quem manda é a Chef Bekas! Nós não temos voto na matéria, só um bocadinho! Os mais esquisitos ou com intolerâncias alimentares, têm apenas que avisar a Chef Bekas daquilo que não comem et voilá! Passados uns minutos, um atrás do outro, lá vêm entrando os 6 pratos divinais por ela meticulosamente preparados, com misturas improváveis, com sabores nossos que se fundem com outras culturas, com texturas intrigantes...
Apesar de o termos experimentado numa hora do almoço, aconselhamos completamente a degustação destes pratos durante um jantar, sem horas! Cada prato deve ser saboreado de forma despreocupada, calmamente, para que cada ingrediente seja sentido, para que cada pedacinho seja deliciado.

Como opostos que somos, as duas temos exigências antagónicas no que toca à alimentação. A L. adora queijo, a M. odeia. A M. adora marisco, a L. odeia. Tudo isto somado a intolerâncias à lactose, alergia ao mel e à banana, a tarefa da Chef Bekas não estava facilitada!

No prato fomos surpreendidas com sabores ricos em contraste com gostos mais frescos, que vos passamos a apresentar!

Para começar um ovo mollet com espargos grelhados. Aficionadas que somos por espargos este prato teve tudo para ir logo para o topo dos preferidos, mesmo antes de sabermos o que eram os outros. Os legumes e o feijão, combinavam na perfeição com todos os outros sabores. Podemos repetir, por favor?

O atum abriu as portas aos pratos de peixe. Braseado com rúcula, pepino e bolacha de mandioca, foi uma verdadeira surpresa para as duas! Já alguma vez provaram bolacha de mandioca? Para quem valoriza as texturas, é um detalhe que vão de certeza apreciar! Este, por oposição ao anterior, foi um prato bem mais fresco e leve ao qual as duas nos rendemos!

Seguiu-se um belíssimo polvo na chapa com orelhas de rato e puré violeta. Não é fantástico quando vemos os sabores das nossas tradições ganharem nova vida? O polvo estava irrepreensível, tenro como infelizmente nem sempre se come, e acompanhavam-no belas surpresas: chips de batata doce, algas e puré de cebola roxa. Sendo este último ingrediente uma das maiores perdições da L. estão a imaginar a nossa cara de felicidade a saborear este prato, não estão?

O prato que se seguiu foi também um verdadeiro vencedor! Leitão estaladiço com risotto de laranja. O leitão estava sublime, o risotto não lhe ficou atrás. O contraste crunchy do leitão com a textura do risotto são uma excelente combinação e, uma vez mais, uma óptima reinvenção da nossa cozinha, em jogos de acidez fantásticos.

Para equilibrar todas as delícias que já tinham sido servidas, impunha-se um corta sabores. Á base de maracujá, manga e toranja, foi mais uma revelação fantástica, numa combinação de sabores tão exótica que só podia mesmo dar as boas vindas à sobremesa tão aguardada.


Mousse de chocolate com menta! Não é a cereja no topo do bolo?! E se vos dissermos que não tinha lacticínios, não tinha açúcar, não tinha ovos?! Dá para acreditar? A consistência era perfeita, o sabor a chocolate estava no ponto, e o creme de menta é mesmo o apontamento que faltava para colmatar toda a nossa gula...

Dizermos que o melhor deste menu é o efeito surpresa estávamos a ser demasiado injustas com a qualidade de todos os sabores que experimentámos. Adoramos o factor surpresa, mas ele não seria tão apetecível se não soubéssemos que aquilo que nos iriam apresentar nos ia surpreender por cada sabor, pela escolha de cada ingrediente, por cada combinação.

O melhor de tudo? É que se lá voltarem nunca vai ser igual! A Chef Bekas improvisa com os ingredientes que tem na cozinha e com as limitações que cada um de nós lhe der, na hora!

Gostam de arriscar? O que acham deste Menu Carta Branca? Nós estamos completamente rendidas... havemos de voltar! Aliás, amanhã contamo-vos o segredo que este edifício da Rua de Cedofeita guarda! Curiosos?

L.<3
m.*

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.