terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Natal, carroséis e purpurinas.



Eu bem sei que já não é tempo de usar tops de verão, vestir uma saia e sair de casa de pernas ao léu. A verdade é que estas fotos já andam p'raqui guardadas há muito tempo e hoje apeteceu-me vê-las. Estes ainda eram dias maiores, em que andávamos livremente pela cidade e aproveitávamos a sua luz clara. Dias em que os casacos ficavam na mala do carro, por precaução, e ficávamos o dia todo na esperança de não os tirar de lá. A verdade também, é que tivesse eu um casaquinho vestido e estas seriam fotografias de desejos de natal. E porque não? Carrosséis e purpurinas?!

Paris guarda carrosséis destes o ano todo, assim como as esplanadas se mantêm quentes mesmo em dias de chuva, para podermos aproveitar a cidade todo o ano. Por aqui, os carrosséis aparecem só em dias de festa e são poucas as esplanadas que nos guardam lugar no inverno. Agora com o Natal à porta, talvez encontremos mais exemplares clássicos destes... E como eu gosto destes elementos clássicos, das luzes, dos cavalos que andam ali às voltas sem parar, a subir e a descer...

E é inevitável recuarmos até à nossa infância e pensar em escrever cartas ao pai natal. Daquelas em que inocentemente pedimos tudo e mais alguma coisa, sabendo que apenas uma ou duas teremos. Hoje é diferente, os nossos olhos mais adultos fazem-nos ver tudo de outra forma. Mas para mim valem as bolas de neve, as camisolas com renas, as purpurinas do ano novo, os mercados de natal que se espalham pelas ruas... Não vou dizer que não vou ter lista de desejos, os do pai natal e os de ano novo. Na realidade ainda não parei para pensar em nenhuma delas mas bem lá no fundo sei que em algum momento elas vão existir...














m.*

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.