terça-feira, 28 de julho de 2015

Palácio da Lousã



O fim de semana passado fez-se pela Lousã, naquele que foi o primeiro Boutique Hotel do nosso país: o Palácio da Lousã.
Com enorme tradição e fortes ligações históricas, este Hotel merece ser visitado pela sua imponência, por cada detalhe, pela amabilidade de quem nos recebe e por toda a envolvência da região onde está inserido. Foi por lá que estivemos no fim de semana passado e já só pensamos em voltar!
Já por aqui vos tínhamos falado do Furnas Boutique Hotel, em São Miguel, hotel que pertence ao mesmo grupo hoteleiro, DHM, conheçam agora cada pedacinho deste refúgio maravilhoso connosco.


Os jardins:

É de fora para dentro que vos fazemos esta pequena visita guiada pelo Palácio da Lousã que em nada se compara à experiência de lá estar mas que, esperamos, reflicta bem o que por lá podem encontrar.
Lado a lado com a Serra da Lousã, o Palácio tem em sua propriedade jardins belíssimos, românticos, onde os tons verdes se fundem com apontamentos de cor. Com pequenos labirintos de sebes verdes e espaços de descanso como a esplanada e a piscina, sabemos que aqui vamos relaxar, esquecer toda a azáfama da cidade e respirar o ar da serra.
E nem os mais irrequietos estão esquecidos neste cantinho, podem alugar uma bicicleta e aventurar-se pela montanha ou pelas ruas da vila e explorar cada canto da Lousã.












O pequeno-almoço:

Tão bom... e como nós gostamos de pequeno-almoço... e aqui, no Palácio da Lousã, sabem bem agradar-nos a nós e a todos, tal é a variedade dos produtos que nos apresentam.
Do pão e croissants aos folhados e brownies, dos ovos mexidos com bacon aos queijos e enchidos da região, sem esquecer as frutas, os iogurtes e as sementes que por cá tanto apreciamos.
Não há mesmo melhor forma de começar o dia do que com um bom pequeno almoço, cheio de energia para conhecer a Serra e as Aldeias de Xisto, ali tão perto.










As salas do Palácio:

O interior do Palácio é belíssimo. Com inúmeras zonas comuns, ideais para um retiro nas horas de maior calor ou para depois do jantar, aqui encontram o conforto de casa,  longe da confusão, em salões nobres, e em que cada detalhe conta.
E não só nas almofadas existem animais. Este é, aliás, um detalhe presente ao longo de todo o hotel, mas que vai muito mais além de simples elementos decorativos. O Hotel tem uma política Petfriendly e existe mesmo um residente canino no Palácio. Chama-se Lousanita e é amorosa, sempre de um lado para o outro a acompanhar o Director do Hotel, Paulo Teixeira de Carvalho, que tão bem nos recebeu e a quem agradecemos o fim de semana fantástico que nos proporcionou.







O jantar:

À noite não há como não jantar por lá. No restaurante A Viscondessa, a ementa é do mais apetitosa que há, com receitas que unem tradições da região a pratos elegantes, com um toque que nos relembra que estamos nas Beiras.
O peito de pato com molho de licor Beirão estava divinal, bem como o lombo de porco com castanhas e o veado com molho de cogumelos e risotto.
Da ementa também constam pequenas iguarias do mar como robalo e aveludado de peixe, serão certamente para experimentar numa próxima visita.
A sala de jantar é daquelas que faz sonhar com os tempos de reis e rainhas, palaciana e revivalista, com vista para a Serra e com um maravilhoso tecto pintado à mão.






Os quartos:

Depois de um longo dia a explorar a natureza, que melhor do que um bom quarto à nossa espera?
O hotel está dividido entre duas alas: o Palácio, e uma nova ala, cada uma com 23 quartos.
Ficámos instaladas no Palácio, com quartos bem acolhedores, espaçosos e confortáveis, e com um cesto de boas vindas repleto de frutas.
Foi aqui que encontramos o conforto e o descanso merecidos, depois de longas caminhadas pela serra a conhecer as pequenas Aldeias de Xisto.




Vamos guardar aqui todas estas boas lembranças do Palácio da Lousã, na certeza de que iremos voltar! Fica a dica para uma escapadela de fim de semana ou, quem sabe, para uma estadia mais prolongada. Descanso, boa comida e muitas atividades de natureza são garantidas.

L.<3
m.*

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.