domingo, 9 de fevereiro de 2014

The Independente Hostel and Suites.

Faz hoje precisamente uma semana que, como já sabem, rumei à capital para assistir ao magnífico concerto do Michael Bublé. Para além desse, que foi o motivo principal da minha deslocação, não foi difícil encontrar outros motivos de interesse para aproveitar da melhor maneira o resto do tempo que por lá passei. É sempre pouco o tempo que lá passo para me por a par das coisas novas e dos sítios giros que não param de aparecer em Lisboa. Tentei planear o tempo o melhor possível mas as escolhas não foram fáceis de tomar, a começar pela escolha do Hotel.




Li revistas, visitei sites e ouvi a opinião de amigos e foi esta última que prevaleceu. O feedback de alguém que nos é próximo e de quem temos conhecimento do seu nível de exigência, é sempre mais importante que qualquer rating que o Booking nos possa dar. Neste caso as duas coisas aliavam-se e coincidiam. Uma pontuação de 9/10 e uma série de comentários positivos fizeram com que a decisão fosse fácil de tomar. O local para pernoitar nesse fim de semana foi então uma das quatro suites do The Independente - Hostel and Suites.


Um edifício centenário no centro da cidade, localizado entre o Bairro Alto e o Príncipe Real, mesmo em frente ao miradouro de São Pedro de Alcântara. As varandas das suites funcionam mesmo como um segundo piso desse miradouro, podendo assim disfrutar-se dessa vista magnífica da varanda do nosso próprio quarto.






O projeto nasce da ideia de quatro irmãos que pretendiam criar um novo conceito de hotel na cidade, um local de portas abertas para visitantes e locais, onde todos pudessem conviver e confraternizar. Conseguiram-no principalmente através do bar lounge e do restaurante The Decadente. O bar e o restaurante (espaço onde também são servidos os pequenos almoços) que ocupam o piso térreo do edifício são isso mesmo, um espaço aberto a hóspedes ou não.




É um espaço relaxado mas sofisticado, cheios de surpresas, pormenores e detalhes de decoração que fazem toda a diferença. Um espaço onde nos sentimos à vontade mas muito especiais. Um atendimento irrepreensível e uma única crítica que se prende com a falta de estacionamento na zona.

L. <3

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.