quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Chegou Dezembro!

Para mim este é o momento mais esperado do ano. Com ele vem o frio, a mantinha no sofá e, obviamente, o Natal! E há época do ano melhor que esta? Não há, definitivamente não existe mesmo! Podem dizer o que quiserem, que adoram o verão e a praia, mas há melhor coisa que acordar e ser o primeiro dia de Dezembro, dia de fazer a árvore de Natal? Há, realmente existe: acordar no dia 24 de Dezembro e saber que o Natal chegou realmente! 
Mas ainda não chegamos aí, ainda faltam uns dias e o dia 1 de Dezembro é efectivamente o dia que marca a entrada na quadra natalícia!
Não sou muito ligada a tradições mas a verdade é que faço sempre questão de fazer a árvore no dia 1! Nunca falha! A Rita e a Luísa também não ficaram atrás e cumpriram com a tradição à risca!
  E este ano tem para mim um gostinho especial! É o primeiro ano que passo na minha casa e por isso tive que tratar de tudo o que isso implica. Decorações de Natal? Claro que sim! Muitas!
Confesso que ainda não tenho tudo organizado mas também me dá muito gozo ir comprando, correr todas as lojas e mais algumas em busca da bola perfeita... e se consegui? Eu diria que sim! Mais do que uma!! :)


E este dia começou da melhor forma! Fui acordada pela melhor coisa do mundo: a minha Julieta! Minha filha? Não! Meu cão? Naa... minha coelha anã linda de morrer!





Depois de estar no mimo com aquela que é a bolinha de pêlo mais macia que conheci fui directa para a árvore! Tinha chegado o dia de desembrulhar todas as bolas que tinha comprado e pôr mãos à obra! Mas desta vez foi diferente! 

Por onde é que costumava começar esta saga? Pela montagem da árvore artificial dos meus pais! Mas este ano foi diferente! Comprei uma árvore natural! (felicidade!!)

Por vários motivos achei que esta seria a melhor opção:

1 - não tenho muito espaço cá em casa para arrumar "tralha" (entendam como termo carinhoso!) que só uso uma vez por ano
2 - "o que é uma árvore de natal natural? será que ainda me lembro?" não acham muito mais verdadeiro? :)
3 - o pinheiro que encontrei foi muito mais económico do que comprar uma árvore artificial com um aspecto minimamente aceitável! E o melhor de tudo? Tem raiz, ou seja, vou poder (tentar) mantê-la no meu terraço! E não, não destruí a natureza! Veio com um certificado de árvore ecológica, criada propositadamente para a época natalícia!
Estou a ser ingénua a achar que ela vai sobreviver depois deste Natal? Talvez... mas deixem-me acreditar, pode ser?

Sendo assim, não havia árvore para montar... ela já tinha sido carregada escadas acima há uns dias atrás! Achei que a tarefa estava facilitada, era só colocar as bolas! Mas realmente eu tinha razão quando desconfiava que já não sabia o que era uma pinheiro natural! É que este pica!! Nada de muito grave claro, mas foi uma reação estranha a minha, não estava propriamente à espera! Depois também há outro pormenor, os ramos não têm todos a mesma consistência... bolas pesadas podem não ser muito boa ideia! Mas lá me safei! Revelo-vos agora aqui um bocadinho da minha árvore! <3


Da esquerda para a direita:
Rena Prateada - Casa (2€)
Bola Transparente - Casa (2€)
Árvore Prateada - Casa (2€)
Cavalinho - Tiger (2 por 1€)
Coração Grande - Casa (sinceramente não me lembro ao certo mas não passou dos 3€!)
Meia Vermelha - Tiger (1€)
Bola de Espelhos - Loja de Chineses (6 por 2,25€)
Bola Transparente - Casa (2€)
Pinheiro natural - Jardiland (19,95€ que me devolveram num vale para usar entre Fevereiro e Março)

Ainda comprei mais umas bolas na Area e outras na Tiger (que, já agora, para mim é a melhor loja do momento!!Quem me conhece sabe que não me calo com isso!)
De todos os quilómetros que fiz por lojas de decoração a Casa foi sem dúvida a loja com mais opções ao meu gosto e a preços mais acessíveis!

m.* 

Sem comentários:

Enviar um comentário

© dois igual a três - 2013. all rights reserved. Tecnologia do Blogger.